quinta-feira, 20 de abril de 2017

Saudades da minha mãe

se eu quisesse desistir, já tinha feito, mas eu não sou dedicada o bastante, me decepcionei com o ser humano fraco que me tornei, e não sei como reverter isso, por que algo não deixa, é uma força ruim que não quer me deixar, eu sei que só conseguimos nos libertar quando enfrentamos, mas não há oportunidades certas para que eu tente enfrentar, enfrentar todo ódio, todo medo, e toda angústia desse mundo. Me decepciono com a sociedade, mas fazer o que, minha raça é frágil, fraca de espírito, fraca de força física, fraca de consciência, posso ser diferente demais para estar aqui, talvez esse mundo não seja o meu, acredito que me colocaram aqui erroneamente, mas minha mãe deixou eu vir ao mundo, ela dizia que eu era especial, que acreditava sempre em mim, e que eu sou capaz, mesmo com seus problemas interiores ela estava o tempo todo comigo, e eu sinto dor por ter ignorado ela as vezes em meus momentos de rebeldia quando não aguentava suas crises de raiva, mas ela era uma pessoa incrível, sei que não está entre os vivos mais, e que quando qualquer ser morre, paira no esquecimento eterno, não sente dor, não sente nada. Mas as lembranças vivas que tenho parece que querem me matar, não estava exatamente preparada para sua partida, assim tão de repente, e nem quero imaginar como foi, pois ninguém sabe o que aconteceu, escondem da família como foi a morte, foi tudo tão rápido. Sinto que posso ter um destino nada feliz, e claro se eu permitir. Só queria dar mais um abraço nela e não poder sentir, não ter emoções, não sentir nada, emoções foi a pior coisa criada no ser humano, pois os mais vulneráveis sentem mais dor, sentem mais coisas ruins.
 Será que estarei livre dessa dor de dentro? da partida dela? acho que me sinto mal por isso, pois ela ela meu porto seguro, ainda não superei sua morte, nem consigo ver as fotos dela pois choro, nem gosto de lembrar de como o rosto era, queria poder descansar sem sentir essa dor da perda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário